E se a história da segunda guerra mundial fosse registrada no facebook?