17 comentários em “Os 10 trotes universitários mais brutais da história

  • fev 29, 2012 em 15:04
    Permalink

    QUALÉ O POBREMA DESSAS PESSOAS!?

  • fev 29, 2012 em 16:44
    Permalink

    Trote é coisa de donzelo, virgem e arrombado, aqui onde eu moro se alguém tentar uma gracinha dessas com qualquer um, acorda com a boca cheia de formiga! brincadeira de menino amarelo virgem da porra! ¬¬”

  • fev 29, 2012 em 19:51
    Permalink

    Isso é falta dos calouros revidarem com soco inglês, soda cáustica e murro na boca.

  • fev 29, 2012 em 23:37
    Permalink

    Legal é isso ser publicado perto dos trotes das universidades federais começarem. Dá ideia mesmo.

  • mar 1, 2012 em 08:19
    Permalink

    Eu nunca entendi esses trotes bestas, ainda mais cortar o cabelo e ficar parecendo palhaço na rua pedindo dinheiro… eu fiz faculdade e não precisei passar por humilhações. Simplesmente ignorei e me formei. Quem se sujeita a essas babaquices permite que elas sempre existam.

  • mar 2, 2012 em 19:03
    Permalink

    Eu estudo em uma universidade federal, e lá não existem nada disso. Só jogam tinta e pedem para os que concordarem para participarem do Pegagio que como o colega ai Eder não deve saber, a grana que juntão é para festas e encontros do curso. Hoje na maioria das universidades existem disk denuncia para estes casos.

  • mar 4, 2012 em 17:21
    Permalink

    Concordo com o “Qualquer Um”… ainda por cima vocês não colocaram os locais em que isso aconteceu e principalmente a punição para esse monte de bandidos! Imprudência…

  • mar 5, 2012 em 00:54
    Permalink

    Concordo com o Eder, acho trote a coisa mais imbecil do mundo, e a melhor maneira de acabar com isso é não fazendo. Não participei do trote quando entrei na faculdade, muito menos participo nos trotes dos novos bixos que entram a cada semestre. É só não querer.

  • mar 5, 2012 em 02:12
    Permalink

    Pessoas assim que vão ser nossos médicos, nossos advogados e etc.

  • mar 5, 2012 em 17:46
    Permalink

    Hoje eu fui massacrada com trote, kkk, exagero, foi tranquilo. Pra mim trote tem q ser divertido pra todos, pra mim foi super engraçado, e é mais brincadeira do que trote e si.

  • mar 5, 2012 em 19:11
    Permalink

    bom , depois quando alguem meio “sentimental” sofre algo assim e entra na facul com uma semi automatica e faz a limpa O CARA QUE É O MONSTRO …

  • mar 6, 2012 em 14:28
    Permalink

    Isso é falta de rola!!!! pau no cu desses veteranos!

  • mar 6, 2012 em 15:33
    Permalink

    Eu sou policial e acabei de entrar na faculdade, primeiro dia de aula, eu estava chegando em meu carro, abrí o porta malas pra colocar algumas coisas e ví uma turba em minha direção me chamando de calouro, eles tinha cola de sapateiro, ovos, farinha, chicotes, coca-cola, giletes para me depilar todo e outras coisas.
    Iam me atacar, como o fundo do carro já estava aberto, peguei uma espingarda 12 de 8 tiros e mais a minha pistola .40 que nasceu pregada em minha cintura e rendí todo mundo, mandei que se deitassem no chão e começaram a reclamar que isso era ilegal, repressivo, uso de força, só fazia isso pq estava armado e meio mundo a mais de queixumes.
    A segurança da faculdade foi chamada, e acreditem que eu ainda serei investigado, e todos foram dar queixa na delegacia, na corregedoria e todos passaram por exames de lesões corporais. Pode isso? Se eu sofrer uma punição pequena que seja, ou seja expulso da corporação, mato todos. Simples assim. Se eu nao estou armado, será que eu não seria o 11º da lista?

  • mar 8, 2012 em 14:05
    Permalink

    mata todos? vc provavelmente deveria estar na lista sim, mas como mais um imbecil.é tão doente quanto todos os imbecis que realizaram os trotes acima.

  • mar 11, 2012 em 16:30
    Permalink

    Vc q é uma palahça maria -mijona!!! Isso é legitima defesa.

  • mar 15, 2012 em 12:47
    Permalink

    Nossa como tem babaca no mundo querendo causar. Então se ler a bibliografia do Hitler, eu vou sair por aí queimando Judeu? Cala a boca, pseudo-cult de merda. Quem se sente motivado por uma coisa dessas, com certeza é um doente, e precisa de tratamento e isolação, não internet.

  • mar 18, 2012 em 23:17
    Permalink

    Não é legítima defesa, porque ele não corria risco. O grupo estava se aproximando, não atacando. Ele poderia ter chamado a segurança. Ter utilizado as armas fora de serviço tá mais pra abuso de autoridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.