A mudança nas regras para obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), prevista para janeiro, está levando os candidatos à carta de motorista a uma verdadeira corrida